Veja 4 atletas maconheiros assumidos

abril 30, 2017

Recentemente vimos 16 atletas que já usaram maconha, muitos deles tentaram abafar o caso e contornar a situação, aceitando sua pena e alegando que não usam mais. Os atletas que não querem ter sua imagem associada ao consumo ocasional e/ou regular de maconha ainda representam a grande maioria, mas alguns poucos se destacaram por assumirem o consumo mesmo que isso pudesse custar caro para a imagem e carreira. Conheça 4 atletas que assumiram o usarem a erva.


1. MICHAEL PHELPS


O multicampeão de natação foi flagrado usando um bong em uma festa universitária em 2009, e mais tarde admitiu que estava fumando maconha. Embora não tenha sido flagrado em exames antidoping, Phelps foi suspenso por três meses pela federação norte-americana.


2. JOSH HOWARD


Josh Howard jogava no Dallas Mavericks, em 2008, quando admitiu em uma entrevista que fumava maconha nos intervalos entre as temporadas da NBA. Apesar de nunca ter sido pego no doping, ele foi repreendido pelo time e pediu desculpas em um comunicado.





2. KAREEM ABDUL-JABBAR


Recordista de pontos na NBA admitiu que experimentou maconha pela primeira vez aos 17 anos e usa a erva até hoje com prescrição médica para tratamento de dores de cabeça.




3. RANDY MOSS

Recordista em recepções para touchdown na NFL enquanto jogava pelo New England Patriots em 2007, Randy assumiu dois anos antes que fumava maconha desde quando entrou para a liga, porém “predominantemente fora das temporadas”.




4. NIKI LAUDA


Antes de superar Niki Lauda e conquistar o título da Fórmula 1 no GP do Japão em 1976, na história que até virou filme, o inglês James Hunt levou 33 aeromoças para a cama ao longo de duas semanas de orgia à base de cocaína e maconha. Questionado sobre o usa da planta, ele disse: ”Eu gosto. Fico relaxado”. Hunt faleceu em 1993 em decorrência de um ataque cardíaco.

Alguns atletas acabam admitindo o uso, mas nunca foram pegos de fato no exame antidoping, porque tomam algumas precauções para que, qualquer vestígio de maconha, seja eliminado do corpo antes de realizá-los. Já parou pra pensar quanto tempo a maconha fica no seu organismo? A resposta é: mais do que você imagina.

  • Compartilhe com os amigos:

Talvez você também queira ver

0 comentários