10 citações famosas sobre maconha que vão te inspirar

junho 18, 2017

Desde empreendedores aos ícones do reggae, parece que o estereótipo de maconheiro não existe fora do cinema, como estas lendas provam. Enquanto algumas dessas pessoas são conhecidas por outras frases mais famosas, que estão em gravações que são ouvidas por milhões todos os dias, você pode se surpreender - e, quando se trata de alguns, a surpresa não será tão grande – ao saber que sua erva favorita foi o motivo da inspiração que originou tais citações entusiásticas sobre o assunto.



1. Bob Marley



Robert Nesta Marley foi o cantor, compositor e guitarrista de reggae mais famoso de todos os tempos, além de forte consumidor de maconha, graças ao movimento Rastafari, o qual aderiu em 1966. Marley certa vez disse:

“Quando você fuma erva, isso revela você para si mesmo”.

2. Barack Obama


Barack Hussein Obama, mais conhecido apenas por Obama, foi o único presidente negro já eleito nos Estados Unidos, mas também foi conhecido por ser um defensor da maconha, pois sempre se referia a erva com muita naturalidade, chegando até mesmo a confessar que já experimentou o famoso baseado nos tempos de faculdade. 

Em uma entrevista em 2014 com a revista New Yorker, ele disse que a maconha era menos perigosa do que o álcool e, mais recentemente, ele disse ao apresentador de TV, Bill Maher: 

"Eu acho que vamos ter que ter uma conversa mais séria sobre como estamos tratando a maconha e nossas leis de drogas em geral "


3. Louis Armstrong


Considerado a personificação do jazz, Louis Daniel Armstrong, é um dos mais famosos cantores e saxofonistas de todos os tempos, e também um entusiasta da maconha.

"[A maconha] faz você esquecer todas as coisas ruins que acontecem a um negro. Isso faz com que você se sinta querido, e quando você está com outro fumante de maconha, isso faz com que você sinta um parentesco especial".




4. Joe Rogan


Joseph James, mais conhecido como Joe, é um comediante americano que ficou mais famoso como comentarista de eventos esportivos, entre eles o Ultimate Fighting. Joe é um maconheiro consciente que usa sua visibilidade para propagar o debate, e certa vez polemizou ao dizer que usuários de cannabis não fazem coisas estúpidas ou erradas para consumir a droga; são como qualquer pessoa normal.

“As pessoas dizem que você pode abusar da maconha. Bem, merda, você pode abusar de cheeseburgers também, sabe? Você não vai a um Burger King fechado, porque você pode abusar de algo”

5. Terence McKenna


McKenna foi um escritor e filósofo apaixonado pelas buscas ritualisticas. Defendia o uso de drogas que elevassem o espírito com um propósito superior. Junto com a sua companheira, Kate Harrison, fundou Botanical Dimensions, uma organização sem fins lucrativos dedicada a preservar plantas de tradição xamânica da Amazônia em um terreno de mais de 7 hectares no Hawaii. 

McKenna também foi autor de um número considerável de livros e artigos, incluindo as primeiras diretrizes para o cultivo de cogumelos alucinógenos como o Psilocybe cubensis. 

“Se as palavras "vida, liberdade e busca da felicidade" não incluem o direito de experimentar a sua própria consciência, então a Declaração de Independência não vale a pena o cânhamo em que foi escrito”.

6. Henry Ford 


Ford foi um empreendedor estadunidense, mais conhecido como fundador da Ford Motors Company, também sempre foi um grande simpatizante da maconha, mais especificamente do cânhamo, material utilizado na composição das peças do carro e na fabricação de etanol que serviria como combustível.

"Por que usar as florestas que foram há séculos na fabricação e as minas que exigiram que as idades se estabelecessem, se pudermos obter o equivalente de produtos florestais e minerais no crescimento anual dos campos de cânhamo?"

7. Steve Martin 


Steven é um ator e comediante consagrado por diversos trabalhos, e quando questionado sobre o uso de maconha, ironizou:

"Eu fumava maconha. Mas eu vou te dizer uma coisa: eu só fumaria tarde da noite. Oh, ocasionalmente, no início da noite, mas geralmente no final da noite - ou no meio da noite. Apenas no início da noite, meio da noite e tarde da noite. Ocasionalmente, no início da tarde, no início da tarde ou talvez no final da tarde. Ah, às vezes o início do meio-tarde-início da manhã, mas nunca ao anoitecer".



8. Carl Sagan


Sagan foi um cientista e escritor renomado, autor de mais de 600 publicações científicas e mais de 20 livros entre ciência e ficção. Um deles, o livro “Marihuana Reconsidered”, ou “Maconha Reconsiderada” em português, relatou sua experiência com a erva e como ela o ajudou a ter uma percepção mais profunda da vida. O livro foi lançado em 1969, quando Sagan tinha ainda 35 anos, que continuou a usar a maconha até o dia de sua morte, em 1996. 

"A ilegalidade da cannabis é ultrajante, um impedimento para a plena utilização de uma droga que ajuda a produzir a serenidade e insight, sensibilidade e companheirismo, tão desesperadamente necessários neste mundo cada vez mais louco e perigoso".

9. Willie Nelson 


William Hugh Nelson, mais conhecido como Willie Nelson, é um cantor e compositor de música country, além de ser escritor e ativista americano. Foi considerado o 77º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone. O homem que já fumou maconha na casa branca e produz a própria maconha, não cansa de espalhar o seu amor pela maconha por aí.

"O maior assassino do planeta é o estresse e ainda acho que o melhor medicamento é e sempre foi cannabis".

10. Peter Tosh 


Winston Hubert McIntosh, mais conhecido pelo nome artístico Peter Tosh, foi um músico pioneiro de reggae/ska e pela sua militância em prol dos direitos humanos e da legalização da maconha. Autor da música Jhonny Be Good, disse uma vez:

"Eu não fumo maconha, cara. A maconha é uma garota de Cuba ... Ganja ... é um pássaro da Austrália, fumo erva".



  • Compartilhe com os amigos:

Talvez você também queira ver

0 comentários