5 coisas que acontecem com quem fuma maconha há muito tempo

junho 22, 2017

 
(Na imagem, a dupla Cheech e Chong. Não exatamente nessa ordem)

 
A gente sempre fica pensando "será que eu vou ser um velho maconheiro?"
A idade chega pra todo mundo, imagine no futuro as praças com uma rodinha de idosos fazendo fumaça.
 Cheios de tatuagens, as próximas gerações tendem a ser mais "descoladas".

Nós do Plantação420 já fizemos uma matéria sobre como a maconha tem um efeito oposto quando você envelhece.
Aqui nesse post vamos falar de 5 coisas que apenas quem é usuário de maconha a bastante tempo entende.

 

1. Você para de se importar com a opinião dos outros

 

Quando alguém começa a gostar de fazer fumaça, sempre existe aquela preocupação rondando. Medo de rodar em casa com os pais, medo de ser julgado como "maconheiro vagabundo" pelos parentes, medo de que até sua reputação no emprego seja abalada.

Com o passar do tempo, a gente percebe como a hipocrisia reina em todos os cantos. As pessoas exibem suas bebidas em redes sociais, se gabam quando acontece alguma merda envolvendo uma bebedeira. Afinal, um adolescente hoje em dia pode chegar em casa muito louco, após ter batido o carro do pai. Mas se for pego com um baseado, vai morar com a vó na Bahia. 

Então não tem como ser diferente, chega uma hora que a gente simplesmente não se importa em ser chamado de maconheiro. Afinal, que mal nós fazemos ? Gostamos de plantas e ninguém pode nos julgar. E se julgar, nós não estamos nem aí.



2. Você conhece os esquemas e não precisa de ninguém pra conseguir sua erva

 

Esse é o tipo de coisa que não da pra perguntar lá no posto Ipiranga. Se você é um novato e não sabe como comprar ervas, tem que ficar falando com os amigos, sempre uma batalha pra conseguir fazer fumaça. Mas após um tempo você conhece todos os locais apropriados e acaba entendendo o trecho da música "Cachimbo da paz", que fala "Se você quer comprar, é mais fácil que pão".


3. Você se relaciona mais com pessoas que fumam maconha


Inevitavelmente você acaba convivendo mais com quem também ama a erva. Seja falando em amizades ou relacionamentos amorosos. 

Muita gente acaba se cansando de ter que esconder suas preferências e priorizam se relacionar com pessoas que aceitam ou também gostam de maconha.


Afinal, a gente passa a vida toda escondendo isso dos pais, pra ter que ficar escondendo do parceiro (a) também?
Geralmente maconheiros veteranos não aceitam isso.


4. Você entende que a maconha é proibida apenas por interesses financeiros

 

Usuários mais experientes já passaram por muita coisa, geralmente entendem que a maconha só é proibida por interesses financeiros. Geralmente o governo vive "enxugando gelo".
Se a polícia sabe onde existe o tráfico, por que nunca acaba?
Não seria mais interessante legalizar e regulamentar as drogas para que o dinheiro vá para o lado "certo" ?

Por que a maconha foi proibida?
Basta usar o Google e pesquisar sobre a proibição da maconha aproximadamente em 1920, quando grandes empresas iniciaram uma guerra contra a maconha, pois essa planta é muito poderosa e poderia substituir o petróleo em fabricação de muitas coisas. Claro que isso é um resumo, mas muitos já sabem do poder do Cânhamo, a fibra extraída da maconha.

Quem quer realmente entender sobre o assunto vai separar alguns minutos para pesquisar. Nós do Plantação420 recomendamos esse documentário sensacional chamado "Cortina de fumaça": www.youtube.com/watch?v=K_N1q5DAri4



5. Você fica cansado de fumar prensado e começa a se organizar para ter suas próprias plantas

 

É normal que pessoas que fumam maconha a bastante tempo comecem a procurar alternativas para consumir sua erva. Planet Hemp disse por muito tempo "Não compre, plante!". Afinal, muita gente diz que usuário de maconha sustenta o tráfico, mas isso não aconteceria se não fosse proibido cultivar. 

É uma questão de pensar, por isso muita gente começa a pesquisar como comprar sementes, como plantar maconha, pra poder se libertar desse sistema que só alimenta policiais corruptos, advogados, juízes, traficantes. Nós maconheiros queremos sair desse universo. A regulamentação já existe em países mais desenvolvidos e a gente sempre segue tendências do exterior, deveríamos seguir essa também.



 

  • Compartilhe com os amigos:

Talvez você também queira ver

3 comentários