5 dicas para não exagerar na larica

julho 01, 2017

Atire a primeira pedra quem nunca laricou. Larica é o tipo de coisa que ou você ama ou odeia. A única certeza é que comida é a chave para o paraíso quando você está chapado. Primeiro, ela não só fica mais cheirosa, mas também é tão gostosa que você precisa voltar e repetir. 

Para aqueles que estão tentando controlar a alimentação, isso pode ser um grande problema. E mesmo que você não esteja fazendo uma dieta, a gula durante a larica vai te deixar empanzinado, ou seja, passando mal depois. Então, pensando nisso, o Plantação420 selecionou 5 dicas que vão te ajudar a manter o controle e não exagerar na comida depois de fumar um.

Como controlar a larica?


1. Conheça o "Lari-fácil" (MunchEase)



Os americanos com certeza tem um remédio para qualquer causa e com certeza não deixariam de inventar um para larica. A fórmula do MunchEase foi desenvolvida especialmente para regular o apetite, fazendo você se sentir saciado por mais tempo.





Quando você fuma maconha, o THC ativa a produção do hormônio Leptina, que avisa ao cérebro quando parar de comer, ou seja, quando você fica satisfeito, ficando mais resistente e fazendo com que você demore mais para se sentir saciado. A comida já fica mais cheirosa, gostosa, então, você come tudo que encontra. Depois que detonou o seu estoque ainda sente que tem espaço para mais? É aí que o MunchEase atua.

O medicamento age mantendo a resistência ao hormônio da Leptina baixo, fazendo você se sentir satisfeito como se tivesse acabado de comer, mesmo após uma sessão de fumaça mais pesada.

2. Se mantenha ocupado


Quando você fica por aí passando tempo durante sua brisa, com certeza a vontade de comer vai surgir, mas, se você mantiver sua mente ocupada com alguma coisa divertida como um filme, um livro, ou até mesmo batendo um papo cabeça com alguém, você consegue se distrair e evitar pensar em pizza e hamburgueres (e consequentemente, comê-los). 


3. Coma antes de fumar


Se você está com fome antes de fumar, coma primeiro e depois fume, senão a sua fome vai ficar muito maior e você vai querer comer tudo que estiver a frente. Com isso claro, beba água (até porque você vai ficar com a boca seca mesmo).

Melhor ainda se puder fazer refeições regulares e manter lanches saudáveis sempre perto, pois manter o estômago sempre saciado é a chave para não ficar a ponto de sair comendo as paredes.

4. Escove os dentes logo após comer


Primeiramente, escovar os dentes é sempre um bom hábito. E, acredite ou não, ficar com o hálito fresco e limpo, inibe muito a vontade de comer qualquer coisa. Parte porque tudo o que você comer depois vai ter um gosto estranho de menta mais o alimento que você escolheu e outra parte porque o gosto de hortelã/menta também prazeroso. 

5. Mantenha as guloseimas longe


Essa tarefa eu sei que pode ser quase impossível para muita gente, mas infelizmente, é a maneira mais eficaz de evitar exagerar e passar mal depois da larica. 

O ideal é trocar os doces e salgadinhos por opções como frutas ou lanches integrais e mais magros. Fazer um sanduíche com salada, queijo e presunto e pão integral, por exemplo, pode ser tão gostoso quanto um podrão, porque tudo é simplesmente MUITO gostoso de fumar um. 

Mas se isso for algo extremo demais para você, tente pelo menos escolher apenas um produto (doce ou salgado) e aproveitá-lo como se fosse o último.


  • Compartilhe com os amigos:

Talvez você também queira ver

1 comentários

  1. Belo artigo a respeito da vontade de comer sem amanhã da Maconha.

    Ouço que existem alguns tipos de Cannabis que provocam menos larica.

    Como no Brasil a Cannabis é ilegal, a procedência que nos usuários adquirimos por aqui é inquestionável por causa do criminalização da venda.

    Sendo assim, acho que por enquanto só nos EUA ou Holanda sejam possíveis escolher qual é o tipo de Cannabis que irá adquirir, eu provavelmente tentaria lidar com Cannabis com menos larica.

    ResponderEliminar