Como combinar café e maconha para melhorar desempenho

maio 05, 2018


Maconha e café têm sido uma famosa dupla na comunidade cannábica. Quem o faz garante eficácia em acalmar e ao mesmo tempo mantê-lo ativo e produzindo o dia inteiro. Mas o que realmente acontece quando você mistura café e maconha?

Café e maconha afetam o sistema endocanabinoide 

Um novo estudo realizado em 2017 mostrou uma ligação entre o Sistema Endocanabinoide natural do corpo e o café. O SEC (é um sistema de neurônios e receptores que exerce o trabalho de regulação de muitas funções corporais, incluindo dor, apetite, humor, sono e função imunológica). 


Nosso corpo produz algumas versões naturais de fitocanabinoides, como o THC e o CBD (chamados endocanabinoides). A anandamida, por exemplo, é um endocanabinoide que se credita ser a versão do nosso corpo do THC. Além de, claro, também possuirmos receptores endocanabinoides, conhecidos como CB-1, localizado no sistema nervoso central, e CB-2, localizado em todo o sistema nervoso.

Esta pesquisa mediu e os metabólitos no sangue dos participantes em relação ao café que eles bebem, no caso, de zero a oito xícaras por dia. Os pesquisadores notaram uma quantidade reduzida de endocanabinoides no sangue quando os participantes bebiam mais café, oito xícaras por dia. 


Em comparação, ingerir cannabis aumentava a quantidade de endocanabinoides no organismo da pessoa, ou seja, quando você tiver fumado demais e ficar sem ânimo para fazer nada, consurmir cafeína pode te ajudar a levantar do sofá.

Alguns pesquisadores de cannabis, como o Dr. Ethan Russo, acreditam que problemas específicos como fibromialgia, enxaqueca e depressão, são causados ​​por uma “deficiência clínica de endocanabinoides”. 


Pesquisadores deste estudo ficaram surpresos com suas descobertas e aconselharam a investigar mais relação entre café e maconha. "Estes são caminhos totalmente novos pelos quais o café pode afetar a saúde", escreveu a principal autora do estudo, Marilyn Cornelis, professora assistente da Northwestern University. 

É seguro para o corpo misturar café e maconha?


Misturar café com cannabis é um tema e tanto. Enquanto muitas pessoas dizem que estão fazendo isso diariamente, outros acreditam que misturar os dois pode ser uma combinação perigosa. Vamos direto aos fatos.


Para começar, o café e a erva são conhecidos por causar um aumento da frequência cardíaca. Em alguns esse efeito é quase imperceptível. Porém para aqueles com pré disposição a doença cardíaca ou ansiedade, a mistura poderia levar a uma manhã desconfortável e até mesmo paranoica.

Se isso aconteceu com você, não significa necessariamente que você não pode consumir café e maconha. Pode significar que você ainda não encontrou a dosagem certa de café e maconha que funciona para você.


O indicado seria consumir um café com menos cafeína aliado a maconha com baixa concentração de THC e alta quantidade de CBD, mas, infelizmente, diferente dos EUA onde você pode achar toda variedade de cannabis com sua respectiva quantidade de cada composto, no Brasil é difícil saber a quantidade exata de CBD e THC que se está consumindo. Nesses casos não recomendamos que você faça a mistura.

Então, o café corta a sua brisa, certo? Errado!


Algumas pessoas dizem que misturar café e maconha as  deixa mais chapadas. Embora possa parecer loucura de quem acabou de acordar, há algumas evidências que sugerem que o THC e a cafeína estão se ajudam quimicamente.


Um estudo de 2014 de macacos-esquilo que eram viciados em THC teve um resultado interessante em relação a combinação das duas substâncias. Os pesquisadores descobriram que a cafeína melhorou os efeitos do THC, indicando que você pode precisar fumar menos maconha para ter uma brisa legal se tiver tomado um pouco de café.

Isso provavelmente contribui para as pessoas acharem divertido misturar café e cannabis. E também prova que são necessárias mais pesquisas sobre o sistema endocanabinoide, o café e a erva.


Fonte: Herb.co


  • Compartilhe com os amigos:

Talvez você também queira ver

0 comentários